O que é Musicalização Infantil?

Musicalização Infantil é o processo que desenvolve a sensibilidade e a receptividade da criança ao fenômeno sonoro.

Isso ocorre por meio de estímulos musicais à sensorialidade da criança, buscando-se sempre que ela tenha uma experiência significativa e prazerosa com a Música.

Desenvolve-se o raciocínio lógico, memória, socialização, coordenação motora, percepção auditiva, entre outros aspectos fundamentais para a formação da criança.

Para crianças entre 7 e 10 anos, inicia-se a sensibilização da linguagem musical com atividades lúdicas e manipulação de instrumentos musicais.

 

Na Escola de Música Expressarte, o curso de Musicalização Infantil é dividido de acordo com a faixa etária do aluno:
Musicalização Infantil I, para crianças entre 2 e 6 anos;
– Musicalização Infantil II, para crianças de 7 a 10 anos.

 

Dúvidas frequentes

Quais os benefícios da Musicalização Infantil para as crianças?
O trabalho de musicalização promove o desenvolvimento de fatores como criatividade, instinto rítmico, coordenação motora, lateralidade, raciocínio lógico, senso estético, socialização, criatividade, expressividade, percepção auditiva e espacial, etc. A criança musicalizada é mais sensível e tem, potencialmente, a capacidade de interagir melhor com outras áreas do conhecimento.

 

Qual é a idade ideal para começar a estudar música?
Na verdade, o trabalho de musicalização pode se iniciar com bebês a partir de 8 meses. Quanto antes ocorre o contato com a Música, mais estímulos a criança recebe e, assim, cria conexões com outros assuntos, favorecendo o desenvolvimento de aspectos imprescindíveis ao desenvolvimento do ser humano, já citados acima.

 

Os pais podem auxiliar no processo de musicalização infantil de seus filhos?
Sim, os pais podem incentivar a criança a explorar os sons de seu entorno: cantando, permitindo que tenha contato com pequenos instrumentos musicais, exibindo gravações musicais, levando-a a espetáculos infantis, etc.

 

Quando meu filho irá tocar um instrumento musical?
A escolha de um instrumento musical está relacionada a um processo de identificação sonora e afetiva.
Os pais devem evitar a “auto-projeção” em seus filhos, impondo ou influenciando-os a tocar determinado instrumento.
O próprio amadurecimento da criança irá fazê-la criar um interesse próprio. E se ela não acertar de primeira, não há problema algum: é comum que experimente e interaja com algumas opções antes de fazer sua escolha final.
Geralmente esta escolha ocorre com 6 ou 7 anos, momento em que a criança adquire a linguagem escrita e termina o curso de Musicalização Infantil I.

Envie sua dúvida!

Agende uma aula experimental!

Share this post on: